terça-feira, 22 de julho de 2014

Odeio entrevistas de emprego


Até quando?

Começo esse post com essa pergunta, porque novamente venho aqui com um ar de revolta com o que venho escutando de meus clientes que estão buscando emprego nesses últimos meses.

Sim, eu sei que isso não começou agora e tão pouco é novo o que vou escrever, por isso achei que essa pergunta era a mais indicada para o assunto em questão.

O descaso de muitas empresas e profissionais de recursos humanos no cuidado com candidatos, ou melhor, com as pessoas tem ainda me impressionado. Incrível a dificuldade que temos de dar um passo que nos orgulhe de ver ordem e progresso.

Em um país onde nosso atual governo insiste em dizer que número de desemprego vem caindo, os que ainda estão na busca de um, vem sofrendo e muito.



Escuta-los dizer que as empresas não dão retornos após as entrevistas, está começando a se tornar o menor dos problemas, até porque as histórias que estou escutando daria para escrever um livro e não somente um post.

Eis aqui alguns casos:

- Reclamação com relação ao despreparo dos profissionais de RH quando estão fazendo as entrevistas;

- Deixar o candidato esperando mais de 2 horas do lado de fora da agência de emprego em uma fila e sem dar nenhuma satisfação do que está acontecendo ou do que irá acontecer;

- O profissional de RH chama o candidato para uma entrevista na empresa ou na consultoria de seleção dizendo que tem uma posição com o perfil, ao iniciar a entrevista, repara que o candidato não tinha algum pré-requisito e pede desculpas.

- Coloca anúncio em jornal e internet, chama o candidato e quando ele chega, ele fica sabendo que a vaga exige carro próprio e ainda é para trabalhar de maneira autônoma.

Será que é falta de treinamento/educação ou falta de delicadeza?  Bom senso?

Fico aqui imaginando...

O candidato está desempregado, tentando salvar dinheiro, ansioso em conseguir uma oportunidade, avisa a família que está indo fazer uma entrevista e...

ao chegar no local da entrevista, simplesmente o entrevistador se depara que ele não tinha o nível de inglês avançado - mas no CV já constava nível intermediário, ou que está faltando o registro de algum conselho que também já não continha no CV e  por aí vai.

Não podia o entrevistador ter tomado um pouco mais de tempo lendo o CV antes de agendar a entrevista, ou até mesmo, fazer uma pré entrevista com algumas perguntas básicas afim de identificar os pontos que ele não abriria mão?

Onde é que vamos parar com isso? Até quando será permitido essa falta de respeito?

Será que as pessoas não conseguem imaginar que o que elas estão fazendo hoje com centenas ou milhares de pessoas, amanhã podem ser elas que poderão sofrer desse mesmo mal?

Se é só questão de educação, onde é que estão os empresários que não treinam e não educam seus funcionários para que não deixem a imagem de suas empresas se degradar no meio desses processos sujos e mal conduzidos.

Um dica pode ser, se você vem enfrentando esse tipo de situação com frequência, antes de ir até os locais das entrevistas, faça você algumas perguntas para a pessoa que te liga e veja se as informações dadas estão de acordo com aquilo que você procura.

E você já passou por alguma situação assim?

Conte para nós! 


Um abraço e até a próxima...


4 comentários:

  1. Boa Tarde Paulo
    Sou Fabiana de Uberlândia-MG . Olha oque você descreveu é pura verdade. Estou passando por essa situação desde setembro/2014. Eu cheguei a fazer vários teste em uma empresa, incluindo entrevistas e testes psicológicos e quando achei que estava finalizando e já sentindo que a vaga seria minha, eles me envia um email avisando que a vaga foi cancelada por remanejamento na empresa.Um Balde de água fria.
    Outra situação que estou passando são com esses sites que tem que pagar para enviar seu currículo a uma vaga. Estou chateada com isso, por que além de pagar você nem sabe se alguém vai ler seu currículo, por que nunca tem retorno de ninguém, além do mais, como eu vou pagar se estou desempregada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiana, tudo bem? Obrigado pela leitura do blog! Infelizmente no mundo dos negócios acontece dessas coisas mesmo. Com relação as suas buscas, minha sugestão é que foque em sites como o vagas.com, linkedin.com, além de grupos de vagas no facebook. Um abraço e até a próxima... :-)

      Excluir
  2. Boa tarde.

    Muito boa a publicação senhor Moreno, retrata a realidade dos Rhs do país.
    Participei de alguns processo seletivos e pude perceber o descaso e os metodos arcaicos que os recrutadores utilizam para selecionar os candidatos.
    Teve um processo de 4 etapas, fui aprovado nas 3 etapas na última não passei no teste palografico (tenho habilitação e já tinha feito antes esse teste) e o gerente parecia não prestar atenção no que eu falava, pois estava no notebook digitando algo...
    Em outro processo participaram eu e mais dois colegas do curso, eu sempre busquei tirar notas boas e aprender tudo inclusive criei até um blog sobre o curso, e esses dois colegas são "relaxados" já perderam em várias materias, resumindo... Eles foram aprovados e eu não, vai entender!

    Até hoje não consegui nenhuma vaga de estágio!

    ResponderExcluir
  3. eu tenho para mim, que o entrevistador de Rh é sempre uma pessoa invejosa. Se ele percebe que você vai ficar muito feliz com a contratação, eles te dispensam da entrevista. Dos empregos que arrumei até hoje, TODOS foram frutos de entrevista com profissionais não ligados ao RH !

    ResponderExcluir